Obrigado por me visitar

Me chamo Devani Ferreira. Nome artístico, Tantinho da Mangueira. Sou Compositor e Intérprete do G.R.E.S. Estação Primeira de Mangueira desde 1960, quando ingressei na Ala de Compositores aos 13 (treze) anos, por indicação do Mestre Cartola.

Comecei a desfilar pela Mangueira em 1952 na bateria aos 6 (seis) anos. Neste ano de 2012 completei 60 anos de desfiles pela Mangueira.

Aqui você encontrará informações detalhadas sobre meu trabalho artistico.

Muito obrigado e boa navegação.

Já está  disponível trechos do documentário de longa metragem sobre minha biografia que esta em fase de captação de patrocínio.

Neste trecho, tivemos participações da Velha Guarda SHOW da BATERIA da Mangueira e de outros bambas da Mangueira como DelegadoNelson Sargento, do internacional Carlinhos Pandeiro de Ouro (maior pandeirista de todos os tempos, vendedor de diversos prêmios no Brasil e no exterior) e de músicos da banda do Zeca Pagodinho.

Assistam o vídeo acessando este link.

http://vimeo.com/38878106

Nelson Sargento e Tantinho da Mangueira

Bambas da Estação Primeira de Mangueira cantam com Diogo Nogueira

Nelson Sargento, Diogo Nogueira e Tantinho da Mangueira - Samba na GamboaNelson Sargento, Diogo Nogueira e Tantinho da Mangueira - Samba na Gamboa



Samba na Gamboa de terça-feira (20) celebra aquela que talvez seja a escola de samba mais querida do Brasil, a Estação Primeira de Mangueira, reveladora de artistas do quilate de Cartola, Candeia e Nelson Cavaquinho. Como convidados, dois baluartes mangueirenses:Nelson Sargento e Tantinho da Mangueira, crias da escola. Com Diogo Nogueira, cantam clássicos como "Folhas Secas", "Sei lá Mangueira" e "Agoniza mas não morre".